Você não pode visualizar esta videoaula porque ainda não está logado.

0 comentários em “CO1024 – Controle da glicemia

  1. Bom Dia ! Gostaria de entender melhor a contagem de CHO com outros exemplos,

    Obrigada

    • Olá Andreia,

      A contagem de carboidratos é uma estratégia nutricional que oferece à pessoa com diabetes maior flexibilidade em sua alimentação, de acordo com seu estilo de vida. O objetivo maior é encontrar o equilíbrio entre a glicemia, a quantidade de carboidratos ingerida e a quantidade de insulina necessária.
      O carboidrato, embora saudável, é o nutriente que tem maior efeito sobre a glicemia, já que a totalidade (100%) do que é ingerido transforma-se em glicose. Esta é a razão principal que o coloca como foco do tratamento. Por outro lado, quanto à proteína, um valor entre 30% e 60% pode ser transformado em glicose e da gordura, somente 10%.
      No caso de Diabetes tipo 2, o tratamento pode acontecer apenas com dieta e atividade física, ou com medicações orais e insulina. Neste caso, a terapia de contagem de carboidratos utilizada é a denominada Nível primário.

      Sim.
      Alguns conceitos importantes:
      Bolus alimentar = quantidade de insulina ultrarrápida necessária para cobrir os gramas de carboidratos.
      Regra geral = 1 unidade de insulina para cobrir 15 gramas de carboidratos.
      Exemplo:
      1 maçã pequena = 15g de CHO
      Neste caso seria necessário 1 unidade de insulina ultrarrápida.
      Este bolus para alimentação é individual e pode variar ao longo do dia. Para conhecer sua relação insulina-carboidrato, é importante medir as glicemias antes e duas horas após as refeições. (após a primeira garfada)
      Bolus de correção = quantidade de insulina ultrarrápida necessária para corrigir a glicemia. O médico pode criar uma regra geral de correção glicêmica, ou utilizar a “regra 1800”, na qual somos divididos 1800 pela dose total de insulina utilizada no dia.
      Aqui, descobrimos a sensibilidade insulínica (fator sensibilidade), ou seja, quanto uma unidade de insulina ultrarrápida baixa, em pontos, a glicemia.
      Exemplo:
      Suponha que uma pessoa utilize 20 unidades de insulina ultralenta + 15 unidades de ultrarrápida ao dia, totalizando 35 unidades diárias.
      1800/35 = 51
      Isso significa que 1 unidade de insulina ultrarrápida baixa 51 pontos na sua glicemia.

      Você consegue obter mais informações acessando o link abaixo (Manual de Contagem de Carboidratos para Pessoas com Diabetes).
      https://www.yumpu.com/pt/document/view/56167545/manual-de-contagem-de-carboidratos

      Att,
      Gabriela

Deixe uma resposta