Você não pode visualizar esta videoaula porque ainda não está logado.

0 comentários em “CO1018 – Biogênese mitocondrial

  1. Olá! Qual a dose de coenzima Q 10 que pode ser utilizada? Qual a melhor forma de apresentação e consumo?
    Grata.

    • Olá Vivi,

      Segue informações:

      A dose usual de coenzima Q-10 (CoQ-10 ou Ubiquinona) é de 100 a 200mg/dia.
      Uma dose típica de CoQ10 é de 30 a 90 mg por dia, tomada em doses divididas, mas a quantidade recomendada pode chegar a 200 mg por dia.

      CoQ10 é solúvel em gordura, por isso é melhor absorvido quando tomado com uma refeição que contenha óleo ou gordura. O efeito clínico não é imediato e pode levar até oito semanas.

      O Ubiquinol é a fórmula mais ativa da CoA Q10. Deve ser especificado na prescrição caso você queira utilizar essa forma.
      Caso contrário a farmácia poderá colocar a Ubiquinona.
      O Ubiquinol é mais caro em relação à Ubiquinona, pois é um metabólito da Ubiquinona. O Ubiquinol é a forma mais ativa sendo melhor absorvido, porém o custo desse insumo é maior.

      Segue abaixo mais informações:

      A coenzima Q10 é também conhecida como Coenzima Q, CoQ, CoQ10, Ubiquinona, Ubiquinona-Q10, Ubidecarenona ou Vitamina Q10. Os vários tipos de Coenzima Q podem ser distinguidos pelo número de cadeias laterais isoprenoides que eles possuem. A Coenzima Q mais comum nas mitocôndrias humanas é a CoQ10. O 10 refere-se ao número de repetições de isopreno.

      Devido à CoQ10 não ser classificada como vitamina ou mineral, não há valor de referência dietético ou recomendação diária estabelecida. Entretanto, alguns sinais e sintomas são associados com a falta de CoQ10.
      A Coenzima Q10 tem sido indicada para tratamento de distúrbios associadas ao estresse oxidativo, como os cardíacos, neurológicos, oncológicos e imunológicos.

      A eficiência da suplementação com Coenzima Q10 na prevenção ao dano muscular causado por exercícios físicos e treinamento desportivo está relacionada com os seguintes fatores:
      · Potente ação antioxidante;
      · Propriedades estabilizadoras de membrana;
      · Atua na síntese de ATP nas mitocôndrias;
      · Estimula a captação de oxigênio no músculo esquelético;
      · Reduz o risco de lesão muscular em atletas.

      O nível de CoQ10 é o mais alto em órgãos com altas taxas de metabolismo, como coração, rim e fígado (114, 66,5 e 54,9 g / g de tecido, respectivamente), onde funciona como uma molécula de transferência de energia.

      A principal ação bioquímica da CoQ10 é como um co-fator na cadeia de transporte de elétrons, na série de reações redox que estão envolvidas na síntese do trifosfato de adenosina. Como a maioria das funções celulares depende de um suprimento adequado de adenosina trifosfato (ATP), a CoQ10 é essencial para a saúde de praticamente todos os tecidos e órgãos humanos.

      A coenzima Q10 é um dos mais importantes antioxidantes lipídicos, o que impede a geração de radicais livres e modificações de proteínas, lipídios e DNA. Em muitas condições de doença conectadas com geração aumentada e a ação de espécies reativas de oxigênio (ROS), a concentração de coenzima Q10 no corpo humano diminui. Como a maioria das funções celulares depende de um suprimento adequado de adenosina trifosfato (ATP), a CoQ10 é essencial para a saúde de praticamente todos os tecidos e órgãos humanos.

      As fontes alimentares primárias de CoQ10 incluem peixes oleosos (como salmão e atum), carnes de órgãos (como o fígado) e grãos integrais. A maioria dos indivíduos obtém quantidades suficientes de CoQ10 por meio de uma dieta balanceada, mas a suplementação pode ser útil para indivíduos com determinadas condições de saúde. CoQ10 está disponível como um suplemento em várias formas, incluindo cápsulas gelatinosas moles, cápsulas de revestimento rígido e comprimidos.

      Conclui-se que a coenzima Q10 (ubiquinona / ubiquinol) é uma quinona solúvel em gordura com uma estrutura semelhante à da vitamina K. É um antioxidante eficaz tanto por si como em fusão com a vitamina E e é fundamental para alimentar a energia do corpo ciclo ATP de produção. A CoQ10 é encontrada em todo o corpo nas membranas celulares, especialmente nas membranas mitocondriais, e é principalmente abundante no coração, pulmões, fígado, rins, baço, pâncreas e glândulas supra-renais. O conteúdo total do corpo de CoQ10 é apenas cerca de 500-1500 mg e diminui com a idade.

      Veja os artigos que discorrem sobre CoQ10 abaixo:

      https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3178961/
      https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4112525/
      https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24389208
      https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14695924

      Att,
      Gabriela

  2. Devo prescrever a coenzima Q10 por quanto tempo?

Deixe uma resposta