Você não pode visualizar esta videoaula porque ainda não está logado.

0 comentários em “CO1018 – Exemplos de plano alimentar e suplementação – Parte 3

  1. As sementes de girassol/abóbora podem ser torradas ou dever ser consumidas cruas?

    • Olá Letycia,

      As sementes podem ser consumidas torradas ou cruas.
      Pode-se utilizá-las nas saladas, sopas, risotos e massas. Outra sugestão é misturar sementes de girassol aos ovos mexidos.

      Att,
      Gabriela

  2. teria alguma receita de sopa para incluir no jantar?

    • Olá Letycia,

      Sim.
      Segue sugestões:

      Sopa de ervilha com rúcula
      Ingredientes
      • Ervilha fresca 300g
      • Batata 1 media
      • Rúcula 100g
      • Cebola 1 pequena
      • Caldo de legumes caseiro 600ml (ver receita)
      • Tomilho
      • Sal
      • Pimenta
      • Azeite

      Instruções de preparo

      1. Descasque a batata e corte em cubos. Pique a cebolas em pedacinhos
      2. Em uma panela grande aqueça o azeite e coloque a cebola picadinha, mexa até que ela fique macia
      3. Junte a batata e o tomilho e cozinhe por 5 minutos
      4. Coloque a ervilha e o caldo de legumes. Quando ferver diminua o fogo, tampe e deixe cozinhando por 20 minutos
      5. Rasgue a rúcula em pedaços com a mão e junte à sopa.
      6. Bata tudo, pode ser com um mixer na própria panela, ou leve para um liquidificador ou processador (neste caso volta para panela depois)
      7. Adicione o sal e pimenta a gosto.
      8. Sirva com azeite

      Dica: servir com filezinhos de peito de frango grelhado.

      Creme de abóbora
      Ingredientes
      300 g de músculo cortado em cubos pequenos
      3 colheres (sopa) de azeite
      1 cebola média picada
      700 ml de caldo de legumes caseiro
      300g de abóbora cozida
      Sal e pimenta a gosto
      Modo de preparo
      Em uma panela de pressão aqueça o azeite e doure o músculo com a cebola. Junte o caldo de legumes caseiro, feche a panela e cozinhe em fogo médio por 30 minutos após o início da pressão, ou até a carne ficar macia.

      Verifique se a carne está macia, retire com uma escumadeira e reserve.
      No caldo, junte a abóbora, o sal, a pimenta e cozinhe até a abóbora ficar macia.

      Bata o caldo com a abóbora no liquidificador até formar uma mistura homogênea.
      Volte a mistura para a panela, junte a carne reservada e deixe no fogo até levantar fervura.
      Distribua em pratos e decore com orégano fresco.
      Sirva em seguida.

      Receitas de caldos para congelar que pode ser utilizado nas preparações

      CALDO DE GALINHA CASEIRO – 1 litro
      INGREDIENTES
      1 galinha inteira ou carcaça de 2 frangos
      1 cebola grande
      1 maço de cheiro verde
      2 dentes de alho
      2 talos de aipo
      2 folhas de louro
      grãos de pimenta
      1 e ½ litro de água
      sal a gosto
      MODO DE PREPARO
      Corte a galinha em pedaços médios e coloque-os em uma panela grande com os outros ingredientes. Leve ao fogo até ferver, abaixe a chama, tampe e cozinhe por 2 a 2 e ½ horas, retirando sempre a espuma que se formar na superfície. Apague o fogo e coe numa peneira forrada com um pano fino umedecido. Se o líquido estiver muito ralo, leve novamente ao fogo para reduzir. Espere esfriar, coloque em um recipiente e leve à geladeira. Quando estiver gelado, descarte a camada de gordura da superfície e utilize.

      O caldo de frango pode ser congelado em forminhas de gelo e ser utilizado conforme necessidade para fazer risotos, sopas e cremes.

      CALDO DE LEGUMES – 2 litros
      INGREDIENTES
      3 litros de água
      1 colher (sopa) de azeite de oliva
      2 talos de salsão em pedaços
      2 dentes de alho
      1 cebola picada
      1 folha de louro
      1 cenoura picada
      1 pitada de pimenta do reino
      1 colher (chá) de tomilho
      sal a gosto
      MODO DE PREPARO
      Coloque os ingredientes numa panela, misture bem e leve ao fogo por 1 hora, ou até que os legumes estejam bem cozidos e quase desfeitos. Retire do fogo, coe e utilize.

      O caldo de frango pode ser congelado em forminhas de gelo e ser utilizado conforme necessidade para fazer risotos, sopas e cremes.

      TEMPEROS PARA CARNES

      TEMPERO PARA AVES E CARNES DE PORCO
      INGREDIENTES
      1 colher de chá de tomilho
      1 colher de chá de alecrim
      1 colher de chá de orégano
      1 colher de chá de casca de laranja
      4 folhas de louro seco picadas
      ½ colher de chá de cravo em pó
      ½ colher de chá de noz moscada
      MODO DE PREPARO
      Misture bem todos os ingredientes e guarde tampado na geladeira.

      Att,
      Gabriela

  3. No caso do limão, a recomendação é espremê-lo e consumi-lo concentrado mesmo? As sementes de abóbora ou girassol devem ser mastigadas?
    (desculpe o excesso de perguntas, mas fico preocupada com a adesão dos pacientes). Obrigada. O curso foi excelente!

  4. A formulação de probióticos que você deu de exemplo pode ser usada também por pacientes que já apresentam um bom trânsito intestinal? Seria interessante retirar FOS? Se sim, é necessário acrescentar algo no lugar dele? Esses valores correspondem à formulação para um dia?

    • Olá Talita,

      Sim, os lactobacilos podem ser utilizados para vários objetivos, conforme necessidade.

      Veja:

      Lactobacillus delbrueckii: Imunidade, intolerância a lactose, diarreia em crianças e inflamação.

      Lactobacillus gasseri: Obesidade, redução peso corporal, redução da gordura subcutânea e do abdome, redução da glicose e intolerância a lactose.

      Lactobacillus lactis: Constipação intestinal crônica, colite, e aumenta a imunidade.

      Lactobacillus plantarum: Redução do peso corporal, estresse e depressão, asma, rinite, aumenta a imunidade, reduz a distensão abdominal e sintomas de náuseas e vômitos.

      Lactobacillus rhamnosus: Redução do peso corporal, melasma e cuidados da pele, asma, alergias alimentares, rinite.

      Bifidobacterium animalis: Obesidade e doença inflamatória intestinal, síntese de vitamina do complexo B e melhora função hepática.

      Bifidobacterium bifidum: Rinite, Intolerância a lactose, diarreia e controle do colesterol.

      Bifidobacterium breve: Obesidade, redução do peso corporal, Rinite, Dermatite atópica, infecções por E.coli.

      Bifidobacterium longum: Diarreia, intolerância a lactose, prisão de ventre colite, doença de Crohn, estresse e depressão.

      O FOS pode ser substituído pela goma acácia.

      Veja exemplos:

      Disbiose Intestinal
      Componentes da fórmula:
      Lactobacillus acidophilus – 1 bilhão
      Bifidobacterium bifidum – 1 bilhão
      Lactobacillus bulgaricus – 1 bilhão
      Lactobacillus casei – 1 bilhão
      Lactobacillus rhamnosus – 1 bilhão
      Streptococcus faecium – 1 bilhão
      Aviar X doses em cápsulas gastrorresistentes qsp.
      Posologia:
      Consumir 1 dose à noite, antes de dormir.

      Associar com:
      Fibregum B®, Acácia gum, caule – 5g
      Aviar X doses em sachê qsp.
      Posologia:
      Diluir o conteúdo em 200ml de água;
      Consumir 1 dose ao dia, à noite, antes de dormir.

      Att,
      Gabriela

  5. Excelente o curso! Parabéns!

  6. Gostei muito do curso e com certeza irá contribuir muito na minha prática clínica.

Deixe uma resposta