Bem-vindo(a) a esta aula online.

A recusa alimentar é um comportamento típico da primeira infância, caracterizado por comportamentos como: Fazer birras; Demorar a comer; Levantar da mesa durante a refeição; Beliscar ao longo do dia. Brigar ou forçar a criança a comer contribuirá para a recusa do alimento. Assim como, estratégias de chantagem ou oferecer recompensas, como por exemplo, “se comer todos os legumes, ganha a sobremesa”. O nutricionista é um profissional apto para auxiliar nesse processo de introdução alimentar e deve orientar estratégias que facilitem a formação de um hábito alimentar saudável. Quer saber quais estratégias são essas? Veja como deve ser a abordagem nessas crianças. Saiba identificar se é ou não seletividade alimentar e qual conduta utilizar em casos de recusa alimentar infantil. Nesta aula, de uma forma prática e objetiva, a Nutricionista Gabriela Dors compartilha um estudo de caso e sua prática clínica com alimentação infantil.

Gabriela Dors
Nutricionista, graduada pela Universidade do Vale do Itajaí, SC.
Colaboradora na área de Ensino do Instituto Ana Paula Pujol.
Pós-graduada em Nutrição Aplicada à Estética.
Pós-graduada em Nutrição Clínica, Funcional e Fitoterapia.
Pós-graduada em Nutrição Materno infantil.
Pós-graduanda em Intolerâncias e Alergias Alimentares na Criança e no Adulto.

Módulo 1 Sem título  
Aula 1 PC1015 - Recusa Alimentar Infantil


Terminou o curso? Deixe sua opinião e ajude outros alunos.
Pesquisa